Como Lidar com pessoas difíceis – Parte 1

ENTENDENDO COMPORTAMENTOS DIFÍCEIS

 

Um colaborador pode custar caro: se você não é capaz de lidar com um comportamento difícil e acaba despedindo um colaborador, você pode estar sujeitando a sua empresa a pesados honorários processuais. Mesmo que você dispense alguém por razões legítimas, o colaborador pode mover uma ação por demissão sem justa causa. Embora a maioria dos processos possa ser infundada, eles sempre consomem tempo e dinheiro da empresa.

 Colaboradores problemáticos: podem ser a maior razão para custos desnecessários aos seus negócios. É muito complicado mensurar os custos para manter uma pessoa problemática, mas certamente ela atrapalha o andamento normal de seus negócios, afetando, portanto, a lucratividade em geral. Sem contar que este tipo de funcionário ainda influencia a moral e a produtividade dos mais dedicados.

Ignorar oomportamento difícil resultará em problemas longo prazo: ignorar o comportamento problemático pode minimizar o estresse por um curto período, porém as conseqüências negativas sobre os outros membros da equipe e nos objetivos dos seus negócios acabarão sendo corrosivas.

Assuma a dianteira: você frequentemente irá deparar com pessoas que tem comportamento difícil e o quanto antes, você for capaz de interpretar esses sinais e aprimorar as suas habilidades comunicativas menores serão as oportunidades que as pessoas problemáticas terão de coagi-lo, manipulá-lo ou intimidá-lo no futuro.

 

Transforme o colaborador difícil em algo lucrativo: Explore o ponto forte deste indivíduo relacionado sua maior qualidade.

 Encarar e resolver um problema da equipe ajuda na sua confiança: Quando a oposição é conquistada por você, isto é como você estivesse no controle. Mínimas realizações são tão satisfatórias quanto confrontar uma pessoa difícil com sucesso.

 Chefe difícil pode querer se livrar de você: Se você falha em resolver uma discussão com o chefe difícil, pode estar colocando em uma posição vulnerável na qual está assumindo o papel de encrenqueiro ou incapaz, além de estar arriscando a ser rejeitado no caso de uma promoção ou, pior ainda, ser demitido.

Você aprenderá novas habilidades na vida: Não relacionar-se com elas irá bloqueá-lo de crescer como uma pessoa forte e competente.

 

 

DEFININDO COMPORTAMENTO DIFÍCIL

Qual a definição de uma pessoa difícil?

Diversos fatores subjetivos e altamente pessoais influenciam na definição do que torna uma pessoa difícil. Uma pessoa impossível de se viver para um, pode ser a pessoa dos sonhos para o outro.

Recorde-se

1 – Foque no comportamento, não na pessoa: Isso proíbe que quaisquer críticas de comportamento sejam interpretadas como um ataque pessoal ou discriminatório e permite que as partes envolvidas tenham um olhar mais assertivo da situação.

2 – Diferenças criam dificuldades: Em muitos casos, um líder define uma pessoa difícil como o subordinado cujo estilo é distinto do dele, ou seja, sua diferente perspectiva pode levá-lo a ver o outro como um obstáculo.

Que tipo de pessoa você é?

Você aprecia trabalhar próximo às pessoas e gosta da experiência de trabalho em equipe?

Prefere trabalhar de maneira isolada e prosperar em vez de ser forçado a tomar decisões rápidas?

Considere quais estilos de trabalho seus colegas mais o irritam. Você acha que tem razões para reagir a uma maneira distinta de trabalho?

Identificando um comportamento difícil

Quando antes você identificar maiores serão as suas chances de ter sucesso em resolver conflitos que possivelmente consumirão seu tempo e energia.

 

Existe 02 maneiras principais de identificar o comportamento difícil


2 –
Relacionando suas descobertas com o impacto que comportamento tem em você.1 – Observando e tomando nota do comportamento das pessoas

 

OBS: Tente identificar se esta é uma ocorrência isolada ou um padrão, também tente compreender que todos nós temos dias ruins, ou atravessamos períodos de extremo estresse no trabalho.

Sinais de estresse:

Lances de comportamento explosivo.

Uma visível displicência com a aparência pessoal.

Falta de concentração em uma tarefa/distrai-se facilmente.

Comentários freqüentes sobre cansaço.

Alimentação excessiva ou falha em fazer intervalos para almoçar.

Falha em cumprir prazos.

 

Impactos das pessoas complicadas no trabalho.

Determinadas pessoas tem qualidades e experiência, mas também são resmungonas ou têm alguns problemas freqüentes relacionados a elas.

Na presença de determinadas pessoas parece que você não consegue pensar, comunicar ou atuar de maneira tão transparente.

Você tem dificuldade em obter feedback claro de determinadas pessoas.

Sua experiência bloqueia que se comprometa de verdade com determinadas pessoas de maneira eficiente.

Algumas pessoas parecem saber exatamente como obstruir sua rotina de trabalho.

Existem situações em que você é levado a se sentir fora de controle.

Um integrante do time está bloqueando de cumprir uma meta no prazo.

Um colega acaba fazendo com que você se sinta culpado com freqüência.

Após encontrar a pessoa você geralmente sai com pensamentos negativos.

Algumas pessoas parecem solícitas, mas acabam criando trabalho extra pra você e para os outros.

O líder mais se protege do que auxilia.

Uma pessoa sempre gosta de interromper reuniões da diretoria, mas nunca oferece contribuições negativas.

Você começa a evitar determinados colegas ou seu líder porque acredita que eles criem problemas para você.

 

Entendo seu próprio comportamento:

Sinais de que você está sob estresse

Você trava o maxilar, tem dificuldades para respirar, sente-se apático ou transpira mais do que o normal.

Você não tira folga quando está doente.

Você está propenso a ataques de apatia, impaciência, acessos repentinos de raiva ou agitação.

Você trabalha nos finais de semana.

Você não tem um intervalo para fazer uma refeição durante o dia de trabalho.

Você fica chateado se outras pessoas tiram folga.

Você não tira férias porque não quer encontrar ninguém ocupando o seu lugar enquanto estiver fora.

Se sai em férias, leva trabalho consigo.

Sente-se completamente exausto e esgotado durante o fim de semana.

Há muito tempo não reserva um tempo para amigos e a família.

 

Suas atitudes com relação a pessoas difíceis

Um mal-entendido que lhe provoque frustração sobre seu colaborador problemático é, na verdade, um reflexo de algo em você.

 

03 Possíveis Cenários existem aqui:

 

1 – Você vê algo neles que não gosta de si mesmo.

2 – A pessoa chama a atenção para uma habilidade que você ainda tem de dominar.

3 – A pessoa está destacando aspectos seus que você não quer enfrentar.

 

Pondere esses cenários quando responder às seguintes perguntas sobre suas atitudes com relação às pessoas que você considera difíceis:

Você sempre teve dificuldade com o mesmo tipo de pessoa ou ação?

Há um padrão na sua interação com colegas de trabalho? Você reconhece que possui pavio curto que é facilmente aceso?

A pessoa difícil está sempre se comportando mal ou ela está apenas tendo um dia ruim?

 

Você tem certeza de que não está reagindo de maneira negativa ao que as pessoas fazem porque a aparência delas (o cabelo, bigode, perfume, manias) faz você lembrar-se de alguma pessoa desagradável do seu passado?

 

Você está encorajando o comportamento difícil?

Suas ações ou atitudes estão colaborando para o comportamento difícil das outras pessoas?

 

Recomendações para ajudá-lo:

Tente aferir se o sentimento (depressão, raiva, culpa, frustração, ciúmes, fraqueza) que a pessoa difícil provoca em você é real. A sua reação irá ajudá-lo a manter o controle sobre a situação?

Explore o que está vendo nesta pessoa que reflita algo profundo dentro de você que não queira encarar.

Tente apreciar suas diferenças e pensar em como suas habilidades e pontos de vista distintos podem agregar um ao outro e melhorar o trabalho de ambos em um projeto.

 

Referência Bibliográfica

LAWSON, Ken. Como trabalhar com pessoas difíceis. São Paulo: Universo dos Livros, 2011. 128p. – (Coleção Sucesso Profissional).

Deixe uma resposta